quanto mais falam, mais se enterram


Já não sei a quantas andam com esta coisa dos swaps até porque, valha a verdade, ligo mais às medidas de latrocínio do governo do que às suas mentirolas, assim como assim estão a mentir desde 2011 quando Coelho prometeu mundos e fundos e o mais que fez foi atirar-nos para o fundo. Por isso, se a Maria Luís aldraba, se o seu secretário de Estado foge à verdade como o diabo da cruz, tanto se me dá como se me deu. Se falo disto é porque as últimas notícias são hilariantes. Contado tem graça, não sei é se alguém acredita. Vejamos: a SIC revelou um documento que parece comprovar as intrujices do dito secretário. O governo, lesto, afirmou logo a seguir que o documento tinha sido forjado. Sabe-se, agora, que o documento em causa foi emitido pelo próprio gabinete do primeiro ministro. A barafunda é de tal ordem que convém pedir a ajuda de Poirot, ou Marlowe, ou Sherlock, ou Maigret, para deslindar o caso. É que há tanta intrujice de tantas fontes, todas vindas do mesmo lado, que convém separar o trigo do joio.

Comentários

trepadeira disse…
Qual trigo,por aí é só bandalhos, digo, joio.

mário

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!