cobras e lagartos


Hoje tem sido um dia aziago. Passos voltou a ameaçar com mais austeridade "para lá da troika"; a Associação Industrial Portuguesa pede aos políticos que mudem a Constituição, um entrave ao crescimento económico do País; o FMI vem dizer que o governo tem sido demasiado brando em matéria de redução salarial; a PSP também não quer que a marcha da CGTP se realize na ponte 25 de Abril, apesar do seu porta-voz ter dito há pouco, na RTP, que "estão asseguradas todas as condições de segurança"; Poiares Maduro diz que a reestruturação da RTP, com despedimentos incluídos, não almeja mais do que a valorização dos trabalhadores da empresa; Luís Amado, um socialista de gema e um baronete da nação que, depois de ministro, passou a presidente do Banif, queixa-se que o parlamento português está poluído com revolucionários, subentendendo-se que estaria melhor com bancadas do PS para a direita, tudo em família, amigalhaços, abraços e pancadinhas nas costas.

E, como se estes e outros factos já não fossem tão maus, temos Coelho a perorar na televisão.


Sim, hoje tem sido um dia mau.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho