isto só a ponta-a-pé!








Vieram os paus-mandados do Macedo das polícias anunciar aos quatro ventos: uma marcha de protesto na ponte? Que horror! Que perigo! Que falta de segurança!

Desde há anos que se fazem maratonas sobre a ponte 25 de Abril. Mas as maratonas fazem-se a correr, é gente leve, são atletas. Numa marcha, pelo contrário, vão os alimentados a pão-de-ló pelo Mota da sopa aos pobres, é um peso que não se pode, a ponte pode cair, a ponte pode voar e, o que é pior, com tantos comunas e afins em cima dela, nunca mais pode voltar a chamar-se Salazar.

Claro que o que eles querem, os paus-mandados e o Macedo, é meter medo.

Eu, por mim, já quase tinha decidido não ir, por razões que não vêm ao caso. Agora vou. Sou do contra, é o que é. Contra Passos e Macedos, marchar, marchar. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora