e virão outros mil para que não acabe abril

Lá dentro, no luxo de um palácio que pagamos, ergueu-se gente (se aquilo é gente) para condenar os portugueses ao empobrecimento. Cá fora, foram muitos mil a defender Abril. Muitos mil mais se juntarão. Quando a fome apertar. Se a cabeça não pensa e o coração não sente, que seja o estômago a dar sinal de revolta.










Todas as fotografias recolhidas em:
https://www.facebook.com/pages/CGTP/275330872914


Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!