veneno e dor de corno


Muitos comentadores, "fazedores" de opinião, politólogos, se têm encarniçado contra as inverdades, os rumores, a linguagem desbragada utilizada nas redes sociais e blogues, metendo tudo no mesmo saco e tratando-nos a todos por igual: gente que, valendo-se do anonimato, espalha insultos e mentiras, só isso e nada mais. Até hoje, que eu tenha lido, houve um único articulista que elogiou os escrevinhadores de blogues: Baptista-Bastos. Que, pelo que se vê, não teme a "concorrência desleal" de quem se atreve, à borla, por amor a causas, por paixão à escrita, a opinar na internet.

Sei que muita gente utiliza as redes sociais e os blogues para insultar ou divulgar boatos. Sei que muita gente, como eu, não é licenciada em ciências políticas, mas tem olhos para ver, cabeça para pensar e coração para sentir. Isso basta para que possamos comentar, condenar, elogiar, divulgar informação tantas vezes ignorada ou deturpada pelos media. E muitos outros há, também, que escrevem nos seus blogues com profundo conhecimento de causa, seja para abordar assuntos de economia, políticos ou sociais.

Muitos dos blogues que conheço - e em baixo encontrará uma pequena lista, necessariamente muito incompleta -, são não só mais bem escritos do que os escritos que leio em alguns jornais. São também, deixem-me abusar de um lugar comum, a voz dos que não têm voz. Porque, exceptuando algumas raras excepções, a nossa informação, seja em jornais, na rádio ou na televisão, é fortemente condicionada pelos interesses económicos e políticos dos seus proprietários. A verdade, muitas vezes, não vem ao de cima. As notícias são manipuladas. A informação distorcida.

Por isso, também por isso, os blogues e as redes sociais são não só úteis, mas cruciais. Há apenas que saber separar o trigo do joio, a verdade da mentira, o boato dos factos. Tarefa que nos compete, a cada um de nós, fazer.

Mais do que na imprensa de hoje em dia, a liberdade de informação passa por aqui. Por nós. Com todos os defeitos, é o único verdadeiro serviço público de que dispomos. O resto é, tantas vezes, veneno e dor de corno. 

Uma pequeníssima amostra:
http://arrastao.org/
http://aventar.eu/
http://www.blogoperatorio.blogspot.pt/
http://5dias.net/
http://entreasbrumasdamemoria.blogspot.pt/
http://indignadolevadodabreca.blogspot.pt/
http://ladroesdebicicletas.blogspot.pt/
http://jumento.blogspot.pt/
http://wehavekaosinthegarden.wordpress.com/

Fotografia: http://envolverde.com.br

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!