por falar em cu, metam os 485 euros no dito, com ou sem a ajuda de urânio enriquecido


Há por aí uns gajos que dizem ah e tal, esses tipos de esquerda têm é a mania da perseguição, vêem injustiças em todo o lado e assim. Pois. Vemos sim. Mais do que injustiças, infâmias. Praticadas todos os dias contra um povo arredio ao confronto. Infelizmente.

Insuspeito de nutrir quaisquer simpatias revolucionárias, o Dinheiro Vivo trás esta notícia que reproduzo na íntegra:

Salário de 485 euros? Só tem de falar mandarim, ter casa em Teerão e ser barra em Linux

Uma empresa de Coimbra abriu uma vaga de emprego que está disponível no site do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), para um técnico de relações públicas, masculino ou feminino.

As condições de trabalho são flexíveis, com horário não especificado e folgas rotativas. O salário é baixo: 485 euros por mês, 5 euros de subsídio de alimentação e contrato a termo certo, com duração de seis meses.

A oferta de emprego seria mais uma entre tantas se não fossem as condições de seleção dos candidatos. Por 485 euros, a empresa pretende alguém que fale português, inglês, alemão, espanhol, italiano e mandarim, e tem preferência por nativos persa/farsi. Porque uma das funções é "intérprete em negócios com outros países (nomeadamente o Irão) e relações públicas."

O candidato deve estar disponível para "longas viagens internacionais", em representação da empresa. Deve saber fazer trabalho de secretariado, incluindo gestão de encomendas, desalfandegamento e tradução de documentos.

Deve ainda saber introduzir informação "diretamente em base de dados e páginas web", ter conhecimento de tarefas contabilísticas e trabalhar em ambientes Linux [sistema operativo open source].

Convém ainda que tenha "fácil acesso ao Irão", com "habitação em Teerão", e "contactos comprovados com empresas de peles, especiarias, materiais eletrónico e informático."

Por 485 euros, o candidato deve ainda ter conhecimentos de programação de aplicações e bases de dados, design web, redes de comunicação, normas ISO9000 e ISO9001 e ainda contabilidade internacional. Curiosamente, pede apenas o 12º ano de escolaridade e formação profissional em comércio.

Se a página não for entretanto desactivada, pode ver aqui a oferta de emprego:
http://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesquisas/detalheOfertas.do?idOferta=587970507&name=ofertas&posAbs=9&numTotRows=246

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho