quem o tem, tem medo


Ontem, Coelho foi não sei onde para fazer não sei o quê. Isso não tem importância, tal como o homem, a História o dirá, pouca importância tem, mero mandarete de Merkel e dos grandes agiotas. O que importa referir é que tinha à sua espera, como sempre, um grupo de manifestantes em protesto. Manifestantes que nem de longe viram passar Coelho. A polícia bloqueou-lhes a passagem a um quilómetro do evento. Quem tem cu, já se sabe, tem perímetros de segurança, tem polícia de segurança, tem seguranças privados, tem medo mas em segurança. Pois que tenha. Muito medo. Porque, cá diz o povo e não sem razão, cá se fazem, cá se pagam.

Estarei eu a exortar à violência? Não, apelo antes à resistência. Um direito constitucional.

Comentários

mafegos disse…
provavelmente os manifestantes eram funcionários públicos que deviam estar em horario laboral e não querem perder regalias a custa dos nossos impostos.Força Coelho ,eu como empregado na iniciativa privada também tenho o direito de dizer que concordo que retires regalias aos funcionarios publicos que eles chamamde direitos,é mentira porque só eles é que tem esse direito,fotça Passosnão desistas,podes não ter a maioria,mas tens seguramente os melhores trabalhadores do país contigo.
Manuel Cruz disse…
Só faltam uns passos para o abismo. Força, Passos: forca!

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora