remando contra a maré, venho-vos falar do "lisbon south bay"

Não percebo o reboliço gerado à volta do Lisbon South Bay, uma acção das Câmaras de Almada, Seixal e Barreiro. Trata-se de uma iniciativa que não tem por objectivo vender pedaços da Pátria ou do património, como outros têm feito com orgulho imenso. É, pura e simplesmente, um projecto que pretende dinamizar áreas subaproveitadas ou ao abandono, como os antigos estaleiros da Lisnave, atraindo actividade, industrial ou não, para os concelhos. E porque se quer captar investimento internacional, e porque Lisboa é uma referência geográfica para quem nunca ouviu falar do Seixal ou do Barreiro, por isto e só por isto é que o site dedicado a este plano se chama Lisbon South Bay. Que tem isto de tão esquisito para ter feito alastrar tamanho gozo feérico e fera condenação pelas redes sociais? Por serem Câmaras CDU? Mas esta gente de risota e raiva ainda não entendeu, passados quarenta anos, que tomaram as Câmaras entregues ao PS, ao PSD e uma ou outra ao CDS terem o rigor de gestão e o grau de transparência das Câmaras ligadas à CDU?

Lamentável é a venda da cidadania a chineses por 500 mil euros. Lamentável é a venda de tudo o que é nosso, sem o nosso acordo, por dez réis de mel coado. Lamentável é a submissão de toda uma Nação aos interesses da alta finança em geral e da Alemanha em particular. Lamentável é o empobrecimento da população no seu todo para acudir a um ou outro gatuno em particular. Lamentável é que os homens e mulheres da esquerda sincera, aquela a que muitos chamariam radical mas que é tudo menos isso, não se unam de uma vez por todas para combater o cancro que mina Portugal.

Isso sim. Isso é que é lamentável. 

https://www.flickr.com/photos/pedro_miguel_barreiros/5404176181

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho