vital não é vital

Não voto PS e é fácil perceber porquê. Se não fosse pela política pisca-pisca, seria pelas personagens que acolhe. Francisco Assis é um. António Vitorino é outro. Mas há muitos, muitos mais, apesar de também por lá andarem Isabel Moreira ou João Galamba, por exemplo. Um tesourinho igualmente deprimente da direita do PS, que já foi comunista tal como a inenarrável Zita Seabra, é Vital Moreira. Diz ele que, no Domingo, "os gregos têm uma oportunidade de ouro para dizer adeus ao Syriza". Ah! Como eu gostaria de dizer adeus aos Vitais Moreiras deste mundo, seres reptilizados em demanda do cargo, da prebenda, das migalhas que caem no chão durante o repasto com que a alta finança, por ora, se banqueteia. Cai no chão, fica amarelo. Ora, como toda a gente sabe, amarelo e vermelho dá laranja. Quem se quer bem sempre se encontra.


Comentários

Anónimo disse…
Registo e entendo. Mas critico. Assumindo esse radicalismo, o que vc está a fazer é a contribuir para a manutenção da direita no poder. Ou seja, chumba, á sua maneira, outro PECIV. Mas lá está: todos temos direitos às nossas idiossincrasias!

MRocha
Anónimo disse…
exactamente o que penso do PS. E como já somos 2, é provável que o conceito se estenda a milhares.
E também me enoja este personagem. É um ressabiado à procura de sítio para pousar.
Por isso que o PS nunca seja um partido confiável. É o voto útil que os faz serem tidos em conta....

Só aqui é que se podem encontrar Assises, Vitorinos, Luises Amados, e outros seres flutuantes...
mbs disse…
não há quem pior fale do tabaco do que um ex fumador...
Manuel Cruz disse…
Caro Anónimo: o PS, se conseguir derrubar o PAF, e espero sinceramente que sim!, não vai agir de forma muito diferente, não vai afrontar Merkel nem a austeridade. Se foi imprevidente o chumbo do PEC IV por parte da esquerda? Se calhar foi. Se calhar um certo calculismo político de vez em quando é preciso. Mas eu, como não sou político, posso pensar (e escrever) sem calculismos nem jogadas estratégicas. Não voto PS. E, repito, espero que o PAF não ganhe. Incongruência ou idiossincrasia, como lhe chama? Seja.
Não vote, está no seu pleníssimo direito. A razão invocada é que me parece demasiado frouxa para um pensador brilhante, como é o seu caso. Vitais Moreiras encontra-os em todo o lado. O próprio Vital Moreira não andou anos pela bancada do PCP?

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora