tenha vergonha!

Os portugueses, muitos, preparam-se para repetir o erro e reeleger Passos. Eu sei. Eu sei que Passos, tal como foi hábil na campanha eleitoral de há quatro anos, prometendo este mundo e o outro numa mentira pegada, também tem sido airoso agora a gerir as fraquezas de Costa, esse valor que se julgava mais seguro do que Seguro, bem como o colapso grego, apontando-o como exemplo do que nos pode acontecer se formos rebeldes e votarmos à esquerda, ainda que a moderada, muito pálida esquerda representada pelo PS.

Não há alternativa. É caminhar alegremente para o abismo. E ao caro leitor, que olha de viés para o que aqui está escrito e se prepara para PAF(ar) nas próximas eleições, oiça o que lhe digo bem alto aos ouvidos: tenha vergonha! Por orgulho na sua Pátria que (ainda) não é uma colónia nem possessão alemã, por solidariedade para com os que perderam o emprego ou passam fome, quanto mais não seja por si, pelos seus, não faça isso. Não se suicide nem nos conduza à morte lenta. O que lá vai, lá vai, mas agora chega.

Comentários

Tristan Reveur disse…
vergonha é "apelido"...

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

a assunção da canalhice

oxalá me engane!