a debandada dos abutres


Todos os dias há um novo caso, um novo escândalo, uma nova decisão, um novo dito de um dos servidores do regime onde fomos atolados. Todos os dias há manifestações mas  esta gente não desvia um milímetro a sua rota de colisão contra a Constituição, o Estado Social, os Direitos do Homem. O povo é desprezável. O povo é desprezível.

O país está em guerra. Por enquanto surda, mas não muda. 

Brandos costumes? A ver vamos. Pelo sim, pelo não, que tenham os aviões, avionetas, helicópteros prontos para o bando em debandada.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora