está despedido! está despedida!

http://www.huffingtonpost.com
Quem julga que nada mais há para tirar aos portugueses deve rever a sua convicção. Há mais cortes no orçamento de 2014, cortes que não vão apenas prejudicar os idosos ou os funcionários públicos, vão afectar todos.

E, enquanto Passos e compassivos acompanhantes não forem corridos por indecente e má figura, tudo farão para arrasar o Estado que serve os portugueses, nunca o que serve empórios e imperadores.

Hoje, anuncia-se a ainda maior "agilização" dos despedimentos. Amanhã, será o fim da escola pública. Depois de amanhã, a saúde entregue a privados. A seguir, irão os cemitérios, as águas, os serviços camarários e, quem sabe?, a própria Justiça.

A revolução está em marcha. Não há quem os detenha.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora