quem quer tramar cavaco silva?

Então o Dr. José Manuel Durão Barroso, servil mordomo dos Açores, entusiástico apoiante de Bush, Aznar e Blair na invasão do Iraque, por pouco testemunha ocular da existência naquele país de armas de destruição massiça, não foi alcandorado a presidente, assim em minúscula como minúscula é a criatura, da Comissão Europeia, com direito a reconhecimento internacional, um quinhão do Nobel da Paz deste ano e não sei quantas medalhas espetadas no peito de galarote inchado?

Barroso tem sido alvo de tantas condecorações e outras altas distinções por esse mundo fora, ele são comendas, medalhas de ouro, medalhas de mérito, doutoramentos honoris causa, grã-cruzes disto e daquilo, personalidade do ano, europeu do ano, homem do ano, cidadão honorário, que nem o Benfica, o Porto e o Sporting, juntos, conseguiram coleccionar tantos troféus numa vida a dar pontapés. E olhem que, pontapés por pontapés, os de Durão são menos espectaculares e causam muito mais mossa.

Assim sendo, porque carga d'água é que Cavaco, seu progenitor político, o deus que lhe pôs a mão por baixo, ao menino e não borracho Barroso, não há-de merecer, como paga pelos serviços prestados, uma estada confortável pelos seus idílicos aposentos de Belém? Porque é que se vem falar tanto, logo hoje, da sua oposição, ao lado de Thatcher e Reagan, à libertação de Mandela e, consequentemente, ao fim do apartheid?

Quem é que se lembrou de trazer isto à baila? Quem anda a tramar Cavaco Silva?

Francamente, isto não se faz. Reagan morreu, Thatcher também, será que Cavaco se estará a sentir bem? Se eu fosse a ele, já tinha morrido. De vergonha.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho