de visita aos amigos

Henrique Monteiro

Cavaco Silva continua a brincar com as palavras. Na sua carteira de títulos estiveram, antes de ser presidente, acções da SLN (detentora absoluta do BPN, cujas acções mais ninguém possuía). Continuar a dizer o contrário, escondendo-se atrás da afirmação (antiga) de que o investimento nesses títulos foi feito por um banco a quem entregou as poupanças é tomar as pessoas por parvas. Cavaco Silva teve, como ele próprio reconheceu, acções da SLN na sua carteira de títulos. Lucrou, tal como a sua filha (imagino que tivesse as suas poupanças no mesmo banco), com a compra e a venda de acções que não estavam em bolsa e cujo o valor, na compra e na venda, era decidido pela própria SLN (com valorizações absurdas). Pode ser mais ou menos grave, mais ou menos importante. Mas a verdade é esta. Logo, o suposto esclarecimento de Cavaco não é esclarecimento nenhum e o seu desmentido é uma mentira completa. Provada por documentos publicados na comunicação social.
Daniel Oliveira

A Câmara do Porto tem vergonha de si mesma. A companhia de teatro Seiva Trupe foi despejada de madrugada.
Carla Romualdo

Saiu Miguel Relvas entra Paulo Pereira Coelho. A quadrilha da Tecnoforma continua bem representada no governo.  Para quem não sabe Paulo Pereira Coelho foi membro da direção da JSD juntamente com Miguel Relvas e Passos Coelho. Foi também presidente da Comissão de Coordenação Regional do Centro até 2004 e gestor do Programa Foral na Região Centro tendo selecionado e aprovado o financiamento da Tecnoforma gerida por Passos Coelho. Este financiamento está atualmente a ser investigado pela União Europeia. Pereira Coelho adjudicou ainda em 2004 um contrato de mais de 700 mil euros à empresa GPS, à qual se ligaria um ano depois. Em 2008 foi constituído arguido por crime de participação económica no projeto do Galante na Figueira da Foz. Em 2009, no âmbito do negócio do Edifício de Coimbra foi investigado por depósitos de 75 mil euros, em numerário, na conta de uma empresa sua. Pelo meio há contas muito mal explicadas sobre os milhões executados no âmbito do programa Lusitanea.
Rui Curado Silva

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora