e quando a direita venerava soares?

Mário Soares está gagá. Esta é a frase mais simpática que a direita revolucionária, a seita dos assanhados, tem dedicado a Soares.

Eu, que nunca fui nem admirador nem adepto nem apaniguado de Soares, acho que ele nunca esteve tão lúcido, agora é que está na flor da idade.

Quanto aos outros, aos restos de Salazar, esqueceram-se dos tempos em que aclamaram Soares na Alameda como um salvador da Pátria, lhe louvaram a coragem de se opor à terrível ditadura soviética que aí vinha, nos idos de 75.

Memórias curtas, facas longas.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora