de satã talvez

Pobres dos podres de ricos que, ao morrerem, deixam cá teres e haveres. Pobres dos subservientes. Pobres dos indigentes de espírito. Pobres dos egoístas. Pobres dos sacristas. Pobres dos imorais. Pobres dos amorais. Pobres dos mafarricos em forma de gente. Pobres dos pobres diabos que votam em quem não devem. Pobres dos pobres que pagam o que não devem. Pobres dos velhos que devem anos à cova. Pobres dos doentes que nunca mais morrem. Pobres dos desempregados. Pobres dos desprezados. Pobres dos espoliados. Pobres dos escravos que não sabem que o são. Pobres dos crentes e dos descrentes. Dos cristãos e dos muçulmanos. Dos árabes e dos africanos. Pobre pobreza a do mundo. 

De satã talvez.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!