very typical



Mais uns orçamentos de Estado, mais um ou dois resgates, mais umas quantas avaliações e imposições da troika merkeliana, mais uns tantos cortes de salários, roubos nas pensões, impostos elevados ao céu dos infernos, e teremos Portugal de volta aos tempos de Salazar. Nada distinguirá o legado de Passos do legado de Salazar. Nada distinguirá Passos de Salazar.

Mas há quem goste. César das Neves, o abominável homem Neves, gosta. É o Portugal no ponto. De rebuçado e mel. De pé descalço. De sardinha para três. De sopas de cavalo cansado. De pobrezinhos e honrados. De pobretes mas sempre, sempre alegretes.

Very typical. Indeed.































































Fotografias de Gérard Fourel



Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!