por hoje, está encontrada a minha heroína


Coelho foi a Sintra ver o Pinto, marchar com o Pinto, cacarejar com o Pinto umas promessas, de aeroportos, de luna parques, do diabo a sete, que o que é preciso, caramba!, é abandonar a austeridade em tempo de eleições, o que é preciso é pão e circo, putas e vinho verde, cantigas de embalar e, parafraseando Santana Lopes, uns concertos de Chopin com muitos violinos.

Houve uma senhora porém que, do alto dos seus 81 anos, lhe estragou o dia, lhe disse na cara que não gostava dele e outras verdades inconvenientes. Mulher de armas! Havíamos de ser todos iguais a ela que outro galo, Coelho ou Pinto, cantaria.

Veja o vídeo. Veja como, do alto dos seus 81 anos e sendo mulher, tem o que muitos homens não têm. Os tais no sítio.

Coelho tentou ripostar mas, qual lulu de estimação, meteu o rabo entre as pernas e deu de frosques. Porque não os tem? No sítio?... 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho